quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Insônia

Contigo levas a face
do príncipe assim sonhado
por tantas noites em claro
vivo eu assim pensar

Com tantas flores coloridas
tantas paixões perdidas
a ti mirei cegos olhos
vivo eu assim sonhar

Te sinto e não te vejo
te leio e não escuto
o som da tua voz
o tempo é muito curto

Te idealizo assim
sem esperança em mim
Me dá prazer sentir
vontade de te sentir

Parace loucura brincar
de sonhar assim amar
tú que longe és o perigo
"ausente" amor
presente amigo,ambíguo!

Pierre Tenório

2 comentários:

Silvano Filho disse...

tah massa *-*

gostei muito ^^

Tárcio disse...

insônias e sonhos
preciso de colírio e de avião...
preciso de descanso e de alguém...
preciso conversar mais com você!
saudades.